terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Nasce uma almofadinha

O sucesso da almofadinha Cora Coralina lá no Facebook foi tão grande que decidi fazer uma outra e compartilhar com vocês o passo a passo. Batizei a original com esse nome porque a inspiração para experimentar esse padrão maluquinho, excelente para aproveitamento de retalhos, veio de uma viagem que fizemos a Goiás Velho, cidade colonial, antiga capital de Goiás, terra da célebre doceira-poeta. Falei dessa viagem neste post. Vale a pena reler. A almofadinha original (a primeira que fiz usando esse padrão) é essa:

Almofada compridinha #4

Bem, aí vai o PAP para a Cora Coralina #2!
Primeiro passo: sabe aqueles retalhinhos que você jurava que não serviriam para nada? Olha eles aí!Quanto mais coloridos melhor:

Nasce uma almofadinha (PAP)
 
Depois é só ir costurando, tomando cuidado para o molde quadrado caber dentro de cada um dos conjuntos de retalhos unidos. A média é de oito a nove tirinhas para cada bloco. Depende da largura de cada uma. Algumas cortei mais grossas, e outras, mais finas:
Nasce uma almofadinha (PAP)

Nasce uma almofadinha (PAP)

É legal ter o molde sempre à mão, para ter certeza de que o resultado vai ser um quadradinho feito de tiras! Eu prefiro sempre usar a tesoura (a minha é bem afiada, e só uso para tecidos)... não suporto aquele "cortador de pizza"!


Nasce uma almofadinha (PAP)

Conforme os quadradinhos vão ficando prontos, a gente vai experimentando todas as combinações possíveis!

Nasce uma almofadinha (PAP)

Ainda experimentando! Os oito quadrados (ou blocos) estão prontos.

Nasce uma almofadinha (PAP)   

Aqui, depois de escolhida a melhor disposição, comecei a costurar os blocos, de dois em dois

Nasce uma almofadinha (PAP)

Vai nascendo o "desenho". Quanto mais assimétrico o resultado, melhor. Aqui, não nos interessa que os cantinhos se encontrem (ao contrário do que acontece nos padrões tradicionais)

Nasce uma almofadinha (PAP)

Nasce uma almofadinha (PAP)

O avesso (que também é bonitinho!), depois de costurados todos os blocos. Optei por passar as costuras abertas, para evitar o indesejado bulking (me socorram aí... como é que se diz isso em português??)

Nasce uma almofadinha (PAP)   

Agora é o momento em que prendo a respiração e "me joooogo": o quilting (ai ai ai!). Em tempo: a tinta da caneta que eu uso para marcar o trabalho sai com água! E o quilting é opcional... acho que fica bonito sem quiltar, também!

Já já mostro o resultado final!
PS: Crafty-mom sugeriu uma tradução divertida para bulking: "bololô" (é o volume causado por várias dobras de tecido para um mesmo lado).
(por Helena)  

24 comentários:

Nilda Biagio disse...

Olá Helena
Bonita demais essa almofada...melhor ainda podendo aproveitar sobrinhas de tecidos!!
Bj
Nilda

Cooperlotação disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávia Souza disse...

Ai que linda! Como eu gostaria de saber costurar só para fazer umas coisas assim, maravilhosas. Parabéns pelo trabalho. No meu quarto tenho uma colcha de retalhos, chegou para mim na semana passada, sogrinha quem fez. Até fiz um post sobre ela... meu mimo!

bjks

Flávia
www.conexaoflavia.blogspot.com

tem sorteio no blog!

Flávia Souza disse...

Ai que linda! Como eu gostaria de saber costurar só para fazer umas coisas assim, maravilhosas. Parabéns pelo trabalho. No meu quarto tenho uma colcha de retalhos, chegou para mim na semana passada, sogrinha quem fez. Até fiz um post sobre ela... meu mimo!

bjks

Flávia
www.conexaoflavia.blogspot.com

tem sorteio no blog!

lu pietra disse...

Olá..linda. linda. linda...a almofada...Cora Coralina....to aqui a recordar-me de Cora que tive o privilegio de conhecer e comer de seus doces mexidos no tacho de cobre ...e passar horas e horas a ouvir seus versos....que saudades....amo Goias Velho...em julho estarei la....
Quem conhece lá não esquece jamais...
Quero ver como ficou a almofada...logo logo....to aqui na expectativa....e se voce me permitir ...vou fazer uma ...para comemorar essa doce recordação...
beijos....

A Casca da Cigarra disse...

Quase não consigo chegar ao final do post de tanta vontade de fazer uma também. Eu agora vou correr para a caixa de retalh.......!!!!!!!

Andréa disse...

Linda, linda, linda!!! Vou fazer uma pra mim.

Rosana Sperotto disse...

Que coisa mais linda, Helena! És uma professora tão motivadora! (rs) Conforme descreves os passos, até parece fácil, mas ainda tenho muito chão de pontinhos na frente da máquina para chegar num projeto desse nível. Um dia chego lá! (rs) Beijão!

Mariane Prospero Polins disse...

Que linda! Adorei o pap, prefiro com o quilt, claro!

Cecilia e Helena disse...

Meninas, obrigada! Estou vendo carinhas novas por aqui... sejam bem-vindas! E às fiéis seguidoras, mil beijos e voltem sempre! A almofadinha já está pronta, mas como está de noite, a foto não sairia boa. Amanhã, eu prometo, ela estará aqui!
Beijos
Helena

Eliana disse...

Olá,
Que linda almofada!
Estou "de namoro" com o patch e adorei o PAP.
Vou fazer, com certeza.
Obrigada!
bjoooo
Eliana

Elaine Rodrigues disse...

Oi,
Adorei o PAP!!!!
Quero ver se faço uma essa semana, pois tenho muitos retalhinhos guardados.
bjos e obrigado por compartilhar!!!!
Elaine

Senhora Baruch disse...

Oi,

Gosto muito dos escritos da Cora Coralina... e ficou um charme tua almofadinha, digna de poema!

Abração e boa semana.

Simone Arrais disse...

Oi Helena, ficou linda, amei o pap. Vou experimentar e depois conto a vocês como me saí! lol Bjs, bjs!

Lu Gastal disse...

adoro ver as novidades por aqui! helena, tem um pé de máquina (brother) que é perfeito para quilt em linha reta. quando vieres me visitar vamos fazer um teste, nem precisa marcar com a caneta!

Manuela disse...

Adorei a explicação!
Por isso que gosto de vcs: matam a cobra e mostram o pau!
Ainda crio coragem p tentar fazer uma coisa linda assim!
Bjs

Karina. disse...

Oi Helena!

Sua almofada fez muito sucesso!
Ficou linda! E o PAP muito bem feitinho tirou todas as minhas dúvidas.

Beijos e obrigada por compartilhar.

Karina

Cecilia e Helena disse...

Lu, que legal, o pé também vai na Singer?
Meninas, que bom que vcs estão se animando a fazer... depois mostrem o resultado, OK?
Beijão
Helena

Neusa Medrado disse...

Muito bacana esse lance de compartilhar as técnicas. Parabéns.

Dricca Kastrup disse...

Olha que interessante ! Tenho feito vários trabalhos com essa técnica e até faço parte de um grupo no face, onde tá rolando uma troquinha de blocos assim, e agora encontrei esse post rsrs. A ideia está no ar, legal!

bjobjo

Helena disse...

Nossa que boa utilização para os retalhos...adorei.
Grande bjo
Helena
http://mariatilda.blogspot.com/

luli disse...

Bom dia amiga. Amei seus trabalhos esta almofada com restos de tirinhas, pode ser feito direto sobre a manta acrilica , ou sobre o quadrado de que vc quizer , no tamanho que preferir , tbm, sobre uma entretela sem cola , fica perfeito e vc pode ir pegando as tirinhas de acordo com o tamanho que vc vai precisando é bem legal na manta o trabalho já vai ficando pronto , vc coloca as dua primeiras tiras de vertice a vértice na diagolal, e sobrepondo uma sobre a outra e virando assim como vc fez no seu trabalho , não sei se vc conhece a trança caipira é parecido. Um abraço meus trabalhos estão no fecebook ,procura como Lucia Feldmann se vc quizer é claro dar uma espiadinha. bj

luli disse...

Oi
Adorei teus trabalhos , eu faço esta técnica porém um pouco diferente , a montagem das tiras é feita sobre a entretela fininha , coramos o quadrado ma medida desejada , e vamos costurando na diagonal de vértice a vertice cada tirinha até chegar ao final com uma bem estreitinha, fica bem mais fácil a montagem das tiras , Um abraço e parabéns pelos trabalhos .Lucia

Eliana Bueno disse...

parabéns adorei seu trabalho, já consegui fazer, por favor continue postando suas ótimas idéias, obrigada Eliana